Este é um daqueles belos casos de que o clipe é bem melhor do que a música. Isso não quer dizer que Spark The Fire é algo ruim, só que um é melhor do que o outro. Numa pegada meio Katy Perry hipster, Gwen soube muito bem entregar de uma forma concisa, cute e interessante o material visual do segundo single do seu novo álbum (ainda sem nome divulgado).

O vídeo entrega uma edição frenética de uma Gwen Stefani num mundinho colorido e fofo contradizendo com a imagem pesada dos looks e cenários onde o street dance pega fogo. Misteriosamente, junto com aquele casaquinho FOFO de nuvem, tudo ficou bom, bonito e incrível dando o up que a faixa precisava.

Pharrell, produtor da faixa, aparece diversas vezes fazendo uma graça e salva o mundo de Gwen que não teve lá uma boa recepção com o seu primeiro single. A direção do material ficou por conta de Sophie Muller (velha conhecida nos clipes do No Doubt e de mais alguns da carreira solo da loira.)

no final das contas, eu curti!

Vai, comenta também! :)